Imprimir

Extensão | Atividades Formativas | Educação Inclusiva

Deficiência Intelectual (DI)


Apresentação

O Instituto Superior de Filosofia Berthier promove cursos de capacitação para a atuação na educação inclusiva com subsídios para a compreensão dos desafios e das exigências práticas para tornar realidade a inclusão das crianças e adolescentes na escola.

O Instituto Superior de Filosofia Berthier, junto com as instituições e profissionais que se emparceiraram para a construção da oferta destes Cursos entendem que os avanços na qualidade da educação são fundamentais e passam pela formação dos/as educadores/as, razão pela qual se somam para oferecer esta proposta de formação. O IFIBE já tem larga tradição de formação por manter curso de graduação em filosofia há mais de 30 anos, ter oferecido cinco turmas de especialização em direitos humanos e vários cursos e oficinas de aperfeiçoamento e de formação de educadores/as e de lideranças sociais na região e em todo o país.

Objetivos

Formar profissionais de educação básica para a educação inclusiva com direitos humanos com foco na deficiência intelectual (DI) através de reflexões e subsídios a práticas constantes e consistentes de atualização a fim de fortalecê-los como sujeitos protagonistas de práticas educativas.

Público

O público do curso é formado por profissionais de educação básica, educadores/as da educação básica, acadêmicos, profissionais de saúde, acadêmicos das áreas da educação e ciências humanas e interessados/as em entender a deficiência intelectual.

Local

Os encontros presenciais serão realizados no IFIBE.
Rua Senador Pinheiro 350, Passo Fundo - RS.

Programa do Curso

Cod. Tema Docente
CH

EI01

Educação Inclusiva e Deficiência Intelectual

Concepções sobre a deficiência intelectual e relação com educação inclusiva; a deficiência intelectual ou mental?; deficiência intelectual definição, estudo da fase cognitiva da criança, adolescente e suas perspectiva.

Cinara Rizzi Cecchin 20(P)

EI02

Escola e Atendimento Educacional Especializado para Deficiência Intelectual

A escola regular diante da deficiência intelectual e seu compromisso educacional. Atendimento Educacional Especializado (AEE) e suas funções com educando/a com deficiência Intelectual.

Elisângela Rizzatto  16(P)

EI03

Educação Inclusiva e Educação em Direitos humanos

Apresentação dos fundamentos da educação em direitos humanos e as Diretrizes Nacionais para a Educação em Direitos Humanos (CNE/MEC) além do Plano Nacional de Educação em Direitos Humanos e sua relação com a educação inclusiva.

Paulo César Carbonari 08(P)

EI04

Relacionamento com Deficiente Intelectual

Desenvolvimento da afetividade, sexualidade no deficiente intelectual, relações afetivas, sociais com a família, escola e sociedade

Lisiane Vieira 16(P)

EI05

Práticas Pedagógicas com Deficientes Intelectuais

Práticas de leitura e escrita com educando com deficiente intelectual; interação e mediação pedagógica; prática pedagógica na escolarização do/a educando/a com deficiência intelectual revendo o currículo e a avaliação; criação de recursos práticos para trabalhar com deficiência intelectual na educação infantil e ensino fundamental (formato oficina)

Guto Pasini 16(P)

EI06

Seminário Integrador

apresentação do relatórios finais e debate sobre temas comuns e de interesse dos/as participantes

 Elisângela Rizzatto

04(P)

20(SP)

Obs.: P = Presencial; SP = Semipresencial

 

Subsídios

Aula 01

Aula 02

Aula 03

Texto complementar

Aula 04 - Texto 1

Aula 04 - Texto 2

 

Breve Apresentação dos Docentes

Elisângela de Fátima Rizzatto: professora Especialista em Educação Especial Inclusiva; mestranda em Políticas e Administração da Educação pela UNTREF, de Buenos Aires, Argentina; cursos de Libras, Psicopedagodia, Autismo, Deficiência Intelectual, Psicomotricidade, Braille, Tecnologias de Acessibilidade; pesquisadora da área da inclusão, políticas públicas de acessibilidade; escritora; formadora de formadores.

Lisiane Vieira: psicóloga da APAS, vice-presidente do Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência de Passo Fundo; experiência na Psicologia de Inclusão; experiência na Psicologia de Políticas Públicas; experiência com projetos de extensão na área de Educação; experiência na formação de professores; professora curso de Libras (UPF Idiomas).

Guto Pasini (Sandro Augusto Pasini): ator, produtor, palhaço e Iluminador, começou sua carreira no teatro em 1985 tendo em sua formação oficinas, cursos e seminário com artistas e professores renomados como Eduardo Tornaghi, Stênio Garcia, Andrea Ojeda e Martin Ortiz e muitos outros, em 2010 fundou o Grupo Ritornelo de Teatro onde tem atuado deste então, com os espetáculos O Menino do Dedo Verde (2011) e Faixa de Graça (2014).

Paulo César Carbonari: professor de filosofia no IFIBE, doutor em filosofia (Unisinos), militante de direitos humanos (CDHPF), membro do Comitê Nacional de Educação em Direitos Humanos e do Conselho Estadual de Direitos Humanos (RS).

Cinara Rizzi Cecchin: pedagoga especialista em Educação Especial Deficiência Mental; curso de Autismo, Transtornos Globais do Desenvolvimento, Abordagem Teacch; curso de Atendimento Educacional Especializado Sala de Recursos Multifuncionais (MEC, SEESP); professora titular da Sala de Recursos Deficiência Mental na Escola Estadual de Ensino Médio Professora Eulina Braga e Escola Estadual de Ensino Fundamental Wolmar Antônio Salton (CIEP), Passo Fundo, RS.

Metodologia

O Curso terá carga horária total de 100 horas aula, das quais 80 serão presenciais e 20 horas semipresenciais nas quais serão realizados estudos, pesquisas bibliográficas, estudo de casos e elaboração de trabalho final. As aulas presenciais serão realizadas em 20 Encontros de quatro horas cada no IFIBE – conforme cronograma do curso. As atividades orientadas à distância serão cumpridas pelos educandos em várias atividades a seu critério.

O trabalho final de conclusão do curso será a forma de avaliação como um requisito principal para o término do curso, sendo feito mediante o estudo de caso colhido do contexto e da realidade do/a cursista que irá pesquisar e eleger um tema específico. Será apresentado no formato de Relatório. Será orientado pela coordenação. Será avaliado por um professor e, se aprovado será apresentado pelo cursista no Seminário Integrador. Os pontos da avaliação do trabalho final serão distribuídos da seguinte forma: 60% (sessenta por cento) Relatório escrito e 40% para a apresentação do Relatório no seminário. A média mínima para ser aprovado é somar pelo menos 70% do total dos pontos previstos. Cada cursista também terá que ter frequência a pelo menos 75% das atividades presenciais do Curso para ser considerado aprovado.

Os princípios metodológicos do Curso consideram o trabalho coletivo inclusivo, o incentivo à pesquisa e ao estudo dos casos que caracterizam as realidades encontradas nas instituições educativas nas quais atuam os profissionais da educação. Através deste estudo que toma em conta a realidade prática que é confrontada às reflexões e teorias sobre o assunto pretende integrar as dinâmicas concretas dos/as participantes. Espera-se colaborar para construir um novo olhar, para quebrar as barreiras do preconceito que nasce do desconhecimento e que ajude a promover a interação entre educador/a e educando/a em relações pedagógicas dialógicas nas quais a confiança entre os/as sujeitos em relação seja elemento chave e nas quais, as dificuldades sejam enfrentadas criativamente com ações pedagógicas concretas e criativas e que promovam o desenvolvimento da aprendizagem com o respeito a cada realidade.

O Curso aborda temas como: aspectos etiológicos, conceituais, históricos e legais da educação inclusiva, desenvolvimento infantil, postura ética frente à deficiência, relação família-escola e aspectos da sexualidade. Ao longo do Curso serão desenvolvidas práticas pedagógicas visando a elaboração e execução de avaliações diagnósticas para subsidiar a implementação de práticas educativas voltadas para o ensino efetivo de pessoas com deficiência, como ensino colaborativo, planejamento individualizado, além da utilização de recursos de tecnologia assistiva, lúdicos e de jogo. Ao final do Curso espera-se que os/as educadores/as sejam capazes de: a) discorrer sobre desenvolvimento humano e aspectos da deficiência intelectual: etiologias, história, legislação, aspectos éticos e conceitos vigentes; b) implementar a avaliação de cada educando/a com sua diferença única de desenvolvimento e repertório comportamental; c) planejar estratégias de ensino que acolham a diversidade e promovam o desenvolvimento de todos/as os/as educandos/as principalmente aqueles com deficiência intelectual.

No Curso também haverá oficinas práticas para a construção de materiais pedagógicos para serem utilizados como apoio no desenvolvimento cognitivo e social. Nelas se fará uso da arte como um dos instrumentos que ajudam a incluir todos em diversas atividades no cotidiano escola, de modo a possibilitar uma grande oportunidade de discussão sobre os temas pesquisados.

Coordenação Geral

Elisângela de Fátima Rizzatto

Inscrições

Prazo: 30 de abril de 2015
Custo: R$ 40,00 (quarenta reais)

Os/as interessados/as poderão fazer a inscrição online preenchendo o formulário e em seguida realizando o pagamento do valor de inscrição através do PagSeguro ou ainda, pessoalmente na Secretaria Geral do IFIBE. O formulário de inscrição deverá ser encaminhado para o email ifibe@ifibe.edu.br  ou entregue na secretaria do IFIBE, juntamente com a cópia dos documentos de identificação pessoal (CPF e RG). Mais informações contatar a Secretaria Geral do IFIBE.

 

 

 

 

Investimento

Uma parcela de R$ 320,00 (trezentos e vinte reais)  à vista ou 3 vezes de R$ 130,00 (cento e trinta reais).

Certificação

Cursistas que tiverem frequência de pelo menos 75% da carga horária prevista serão certificados como Curso Presencial de Extensão (modalidade Curta Duração) com área de concentração em Educação Inclusiva com foco em Deficiência Intelectual, com carga horária de 100 horas.

Promoção, parceria e apoios

Instituto Superior de Filosofia Berthier (IFIBE), instituição credenciada pelo MEC e mantida pelos Missionários da Sagrada Família. O Curso tem apoio CDHPF, APAS, 7ª CRE, ATILS, ACMUN, APACE e ACD.

Contato

IFIBE Instituto Superior de Filosofia Berthier
Fone: (54) 3045 3277 (R.2) – Tarde e noite
E-mail: ifibe@ifibe.edu.br | Site: www.ifibe.edu.br
Rua Senador Pinheiro, 350 - Vila Rodrigues
CEP 99070-220 - Passo Fundo - RS


Newsletter