Imprimir

Institucional | Mantenedora

Mantenedora


O Instituto Superior de Filosofia Berthier é mantido pelo Instituto da Sagrada Família. A comunidade religiosa dos Missionários da Sagrada Família foi fundada pelo sacerdote francês João Berthier, missionário saletino. Ele sentia o impulso de enviar novos missionários à Igreja. A palavra da Escritura: “A seara é realmente grande, mas poucos os ceifeiros. Rogai, pois, ao Senhor da seara, que mande ceifeiros para a sua seara “ (Mt 9,37-38), comovia P. Berthier profundamente. No seu tempo muita gente ainda não ouvira falar de Cristo. Ele queria dar muitíssimos missionários à Igreja. Por este motivo fundou, no ano de1895, a Congregação dos Missionários da Sagrada Família. O local escolhido para a fundação foi a pequena cidade holandesa de Grave. O prédio de um quartel abandonado, bombardeado há algumas décadas anteriores, serviu de berço para a obra do Pe. Berthier.

As Constituições dos Missionários da Sagrada Família obrigam todos os membros a um tríplice carisma. O primeiro carisma é: Todos os membros são missionários e devem dirigir-se “a todos os que estão longe, a tantos quantos Deus nosso Senhor chamar.”(Atos 2,39). Os Missionários enviados aos homens que estão longe têm um campo missionário muito amplo. As pessoas afastadas podem ser tais tanto por estarem longe da fé, quanto por viverem em outros continentes, ou ainda por viver em países afastados da fé em Deus.

Cada província tem o compromisso de definir o encargo missionário de seus membros.

O segundo carisma da Congregação é a pastoral das vocações eclesiásticas. Este é um pedido urgente da Igreja em quase todos os lugares, pois faltam vocações espirituais. Em algumas partes do mundo esta falta se apresenta de forma dramática. Mas os Missionários da Sagrada Família não buscam apenas candidatos para o serviço eclesiástico. As Constituições dizem aos membros que também devem dar atenção pastoral e humana aos que já trabalham na Igreja.

O terceiro carisma da Congregação é o compromisso pastoral das famílias. Com este mandato os Missionários da Sagrada família atendem tanto as próprias Constituições, quanto o urgente apelo que o Papa João Paulo II dirigiu à nossa Comunidade no ano de 1995.


Newsletter